fbpx

Infocar

Blog

Mitos e verdades sobre consórcio de carros

Para quem busca realizar o sonho do carro próprio, ter consórcio é uma opção bastante atraente, mas essa modalidade de pagamento ainda gera muitas dúvidas: como funciona o consórcio de carros? 

Fizemos um artigo para desvendar alguns mitos e trazer também verdades sobre o tema. Confira!

Como funciona um consórcio de carros?

Para explicar de maneira bastante simples, vamos imaginar que você está há muitos anos planejando comprar seu primeiro carro, mas por inúmeros motivos não possui dinheiro suficiente para pagar à vista.  O consórcio existe para facilitar essa aquisição. 

 

Um consórcio, veicular ou não, acontece da seguinte maneira:  várias pessoas entram em uma espécie de “compra em conjunto” para participar cada um adquire uma cota dentro desse grupo, que é administrado por uma empresa de consórcios.

 

 Esse grupo de pessoas paga parcelas mensais durante um certo período. É importante falar que é preciso ter um bom planejamento financeiro, pois cada um está ajudando a construir um fundo comum financiando os bens dos consorciados do grupo. 

 

Quando esse determinado período acaba, as pessoas recebem acesso à sua carta de crédito e podem adquirir o carro. 

Saiba alguns mitos e verdades sobre consórcio de carros

Separamos três mitos e três verdades para facilitar a compreensão sobre como funcionam as regras básicas de um consórcio veicular. Entenda!

Mitos sobre consórcios

1 – Não há regularização em consórcios

Existe sim regularização nos consórcios, e para saber se a administradora é autorizada pelo banco central – órgão fiscalizador os consórcios no país -, acesse o site do BC e ao acessar a seção perfil cidadão é possível ver a área de consórcios e administradoras e buscar se ela consta na lista. Caso não conste, não tem autorização para funcionar. 

2 – Não é possível cancelar o consórcio 

É possível cancelar, mas muita atenção nas cláusulas do contrato, que variam de acordo com cada administradora. 

3 – Consórcio é extremamente burocrático

Não é verdade, entrar em um consórcio pode ser mais simples e rápido que um financiamento. Por exemplo, não é preciso comprovar renda, nem dar algum tipo de entrada.

Verdades sobre consórcios

1 – Consórcio não tem juros

Essa é uma das maiores vantagens do consórcio, as parcelas são mais acessíveis, com uma taxa de em média 20% de todo o período contratado pela administradora. 

2 – Posso fazer consórcio mesmo com o nome sujo

É possível sim entrar em um consórcio com nome sujo, mas é importante que até a contemplação a situação esteja regularizada pois há análise de renda e financeira de crédito. 

3 – É possível repassar o consórcio para outra pessoa

Sim, a administradora faz todos os trâmites para que a transferência seja feita com as parcelas pendentes e demais obrigações do contrato.

Afinal, vale a pena entrar em um consórcio?

Na verdade, depende do objetivo a curto e longo prazo. De fato, consórcio não é um investimento para quem procura receber o veículo imediatamente, embora seja possível de acordo com o lance dado, mas é uma excelente opção para quem busca investir a longo prazo e ter disciplina para fazê-lo. 

Além da organização financeira, é importante verificar a veracidade da administradora, como pontuamos anteriormente, e principalmente, ler o contrato detalhadamente para evitar cair em fraudes.

Diversos carros em um estacionamento
A maior base de dados de veículos de leilão do Brasil
Pessoa observando dados analíticos em um celular

A INTELIGÊNCIA
por tras dos
rastreadores

Veja o infográfico
Dados e tecnologia

SEGURANÇA
PARA
FINTECHS

Baixar e-book

Compartilhe este artigo

Share on twitter
Share on facebook
Share on telegram