Infocar Ver menu
Pensando em adquirir um veículo de leilão? Então confira essas dicas!
15 novembro 2019

Pensando em adquirir um veículo de leilão? Então confira essas dicas!

Com o dinheiro apertado em época de crise e os valores dos veículos cada vez mais altos, quando se trata da aquisição de um bem, toda cautela é importante, mesmo que se tenha o dinheiro em mãos. Se pesquisar bem, poderá ver que há mais opções do que imagina. Como, por exemplo, carros ofertados em leilão. Mas a pergunta é, será que vale a pena comprar nesta modalidade de venda? Saiba tudo sobre leilão abaixo:

O que é leilão? 

Leilão é uma venda pública de carros usados, onde pessoas físicas e jurídicas podem participar, seja online ou presencial.

Quais tipos de veículos vão para o leilão?

Leilão de recuperação financeira, quando houve a falta de pagamento. Leilão de montadora, carros que foram utilizados para operações internas ou testes, e o leilão de seguradora, que geralmente são carros recuperados de algum furto, roubo até de colisões.

Por que os veículos vão parar no leilão?

Antes mesmo de tomar a decisão da compra e se vale a pena comprar carros de leilão ou não, é preciso saber o motivo desses carros estarem sendo ofertados no leilão.

Alguns veículos vão parar em leilão por falta do pagamento do financiamento. Isso porque as instituições financeiras apreendem os carros quando existe a inadimplência. Também ocorre quando o proprietário não consegue quitar a dívida para retirar o veículo do pátio do DETRAN. Ou ocorre também quando as seguradoras decidem por leiloar os veículos que tiveram sinistros, ou seja, que sofreram acidentes ou foram recuperados de roubo ou furto.

As Vantagens e Desvantagens

Uma das maiores vantagens em adquirir veículos em leilão é o valor, que pode custar entre 30% a 50% a menos do que o seu valor de mercado, isto é fato.

Uma outra vantagem que pode fazer a diferença é que, de acordo com o artigo 328 do Código de Trânsito Brasileiro, o valor gasto para a aquisição do veículo no leilão quita qualquer dívida do veículo com relação ao IPVA. Assim, o novo dono deve apenas se preocupar com a documentação e os possíveis reparos mecânicos que o carro irá precisar.

E por fim, se o veículo estiver em bom estado de conservação, lataria, parte estrutural e mecânica, o custo x benefício de adquirir o veículo em leilão passa a ser um excelente negócio. Por isto, analise bem antes de dar um lance. Caso contrário, tudo que você economizou pode acabar gastando em conserto mecânico.

Em relação as desvantagens desta modalidade, uma delas é que o comprador deve efetuar o pagamento à vista se arrematar o bem. Se você encontrar um veículo que gostou muito, lembre-se que não conseguirá adquiri-lo sem ter o valor total no ato da compra.

Além disto, outra desvantagem é na grande maioria dos casos não se pode levar o veículo para uma avaliação num mecânico ou mesmo numa concessionária, a veículo deve ser avaliado por você, ali mesmo no pátio do leiloeiro.

Para não ter maiores problemas, o maior cuidado que se deve tomar aliás é avaliar bem o estado do veículo, checar se há danos estruturais, se o veículo teve passagem por enchente, se a parte elétrica foi afetada, tudo isto deve ser muito bem avaliado, pois o custo do conserto pode acabar fazendo com que você saia perdendo no negócio. Veículos sem danos, recuperados de financiamento e ou com pequenos danos são mais indicados para negócios com menor risco, porém por outro lado também são os veículos mais disputados no leilão.

Uma outra situação que pode ser considerada como negativa é que algumas as financeiras e seguradoras consumam verificar se o veículo teve passagem por leilão e qual o seu grau de risco do negócio, portanto fique atentos nos veículos com maior grau de dano podem vir a ser negados por instituições que avaliam o risco do negócio antes de fornecer financiamento, seguro, consórcio, etc.

Dicas para não ter problemas nesta modalidade de aquisição de veículos!

  1. Faça uma análise presencial do veículo, com muita calma e atenção nos detalhes, os leilões online hoje são muito comuns atualmente, mas para conferir o real estado do veículo, o ideal é vê-lo pessoalmente e é na visita pessoal que você pode avaliar itens que podem ser um problema.
  2. Estabeleça para sí um valor limite para o veículo desejado antes do início do leilão. Desde o começo, defina exatamente quanto vale a pena gastar pelo veículo e pare quando atingir a sua meta. Nada de pressa!
  3. É importante entender que nem sempre ir a um leilão significa que você vai conseguir de imediato comprar seu carro, moto caminhão, etc.
  4. Se atente nas taxas

Lembre-se: além do arremate do leilão, você também terá arcar com outras taxas, como diária do pátio e valores administrativos. Esteja preparado e leia com muita atenção o edital do leilão!

  1. Avalie com cuidado a gravidade dos danos e problemas e se possível leve o veículo um mecânico de confiança

Vistorias servem para entender quanto será gasto para deixar o veículo novamente impecável.

  1. Cuidado com as fraudes e com o histórico do veículo

Alguns leilões podem ser mais arriscados, já que podem envolver mal estado de conservação do veículo, briga judicial dos ex-proprietários, outros históricos do veículo envolvendo furtos anteriores, sinistros anteriores. Além disso, o risco de fraude é sempre uma possibilidade. Mas calma, existe uma solução que pode te ajudar!

As pesquisas veiculares da Infocar permitem que você tenha acesso a informações do histórico do veículo e que são importantes na hora de adquirir um veículo, como a própria pesquisa de veículos ofertados em leilão, score de risco comercial, multas e débitos, dentre muitas outras. Ou seja, se você vai adquirir um veículo de leilão, conte com o Infocar para te ajudar nessa tarefa!

Fale com a Infocar e conheça essa e outras soluções!

Fonte: Auto Esporte