Decodificador de Chassi e Codificador FIPE: qual a diferença?

Por Infocar Tecnologia • 10 de novembro de 2022

Existem diversas características que compõem o veículo, uma delas é o número do chassi. Ele funciona como um RG para o carro. A sua importância é tamanha que contribui para a identificação de fraudes e garantia da transparência durante negociações. Para interpretá-lo, o decodificador de chassi é necessário, desmembrando cada letra e número.

Contudo, atualmente, os golpes estão cada vez mais elaborados e apenas decodificar o chassi já não é mais suficiente para ter segurança. Neste artigo, portanto, iremos apresentar também o Codificador FIPE, produto exclusivo da Infocar, empresa que está há mais de 20 anos no mercado veicular – e quais os benefícios dele para o seu negócio.

O que é o número do chassi?

17 caracteres, alternados entre letras e números que não se repetem, constituem o número de chassi. A sequência, oficialmente denominada como Número de Identificação do Veículo (VIN), indica informações como o fabricante, país de origem, região geográfica, ano, modelo, entre outras. O padrão está vigente desde a década de 80 por meio da resolução 4030 da ISO e a Norma NBR 6066. Como resultado, os veículos têm um registro único e individual.

O que é o decodificador de chassi?

Traduzir, ou decodificar, essa sequência alfanumérica significa interpretar dados relevantes do veículo e saber se o carro já teve o chassi adulterado, sofreu qualquer tipo de fraude, adulteração de combustível, além de conhecer as informações técnicas do veículo e de fabricação, entre outras.

Como ocorrem as fraudes no chassi?

Apesar do número do chassi ser utilizado como medida antifraude, existem diferentes golpes relacionados a ele. Um dos exemplos é a adulteração do chassi, realizada de diversas maneiras, como raspagem, polimento e aplicação de acabamentos falsos.

Outro golpe comumente associado ao número do chassi é a clonagem de veículos. Nesse tipo de fraude, os criminosos copiam o número de chassi de um veículo legítimo para outro. Isso faz com que o segundo veículo aparente ser legal e autêntico, muitas vezes levando a confusões e dificultando a identificação de veículos roubados. A clonagem é uma estratégia enganosa que visa conferir uma falsa legitimidade a automóveis ilícitos, dificultando as ações de fiscalização e segurança.

Além disso, em muitos casos a adulteração do número do chassi também pode ser para esconder o histórico do carro, seja de danos ou, ainda, outras informações, como passagem por leilão. Desse modo, vende-se os veículos por um valor maior do que o correto.

O que é o Codificador FIPE?

O Codificador FIPE é um produto exclusivo da Infocar, feito a partir da necessidade dos clientes de ter mais agilidade e precisão nas operações ao utilizar ferramentas para decodificar chassi, reduzindo os altos índices de erros manuais por preenchimento incorreto de informações. A partir da placa ou do chassi, é possível identificar as características de fabricação do veículo, qual o modelo correto e precificar corretamente.

Este produto traz a precificação do veículo de acordo com as tabelas FIPE/Molicar em um alto índice de assertividade. Isso acontece porque para cada veículo fabricado pode existir vários modelos, porque cada modificação pode ser apontada na Tabela Fipe como um modelo diferente, o que altera o valor de comercialização do veículo. Sabendo disso, a Infocar desenvolveu uma tecnologia que identifica, com 80% de precisão, o modelo correto do veículo. Com isso, há base para analisar um veículo em negociação de maneira segura.

Já o autocomplete, agiliza a rotina de qualquer operação automatizando o processo do preenchimento das informações do veículo com apenas o número da placa ou chassi.

Quais a diferença entre decodificador de chassi e Codificador FIPE?

Apesar da semelhança na aplicação, o Codificador FIPE é bem diferente do decodificador de chassi, listamos abaixo a aplicação dos dois para entender melhor como se diferenciam.

Decodificador de chassi

  • Identifica todas as informações relevantes do veículo através da decodificação da sequência alfanumérica do chassi.
  • É importante para evitar fraudes durante a negociação.

 Codificador FIPE

  • Realiza a identificação correta do veículo com apenas a placa do carro ou número do chassi.
  • Traz o valor de acordo com as tabelas FIPE/Molicar.
  • Realiza o preenchimento automático das informações, diminuindo erros por preenchimento manual.
  • Auxilia na precificação correta do veículo.
  • Algoritmos desenvolvidos para identificação do modelo correto.

Não perca mais tempo decodificando chassi

Compreendendo a diferença entre o decodificador de chassi e o Codificador FIPE, é possível perceber que nosso produto garante a tranquilidade e confiança na negociação de um veículo através de uma análise bem detalhada e cautelosa, que verifica todos os detalhes da numeração do chassi em diferentes partes do carro.

Além disso, nosso recurso agiliza a rotina de times e diminui consideravelmente problemas que podem ocorrer ao preencher informações manualmente.

Como ter o Codificador FIPE na minha empresa?

A Infocar trabalha diariamente estudando e entendendo as necessidades não somente dos seus clientes, mas também antecipando do mercado em geral. Criamos nosso decodificador para ser a solução completa no auxílio das empresas em todas as fases da venda.

Para conhecer mais sobre o produto, entre em contato. Nossos especialistas estão preparados para tirar todas as dúvidas e encontrar a melhor maneira de solucionar os problemas que sua empresa possa estar precisando resolver.

 

Posts relacionados