Apropriação indébita: como garantir segurança para locadoras?

Por Infocar Tecnologia • 9 de outubro de 2023

As locadoras de veículos estão cada vez mais inseridas no mercado automotivo brasileiro. Apesar de terem registrado um bom faturamento bruto nos últimos anos, há um problema recorrente que impacta os ganhos: as fraudes veiculares, principalmente a apropriação indébita de veículos. Saiba, neste artigo, qual é a situação atual e quais medidas podem ser tomadas para proteger a sua locadora.

O que é apropriação indébita de veículo? 

A apropriação indébita de veículo é um crime previsto no artigo 168 do Código Penal Brasileiro. Este golpe consiste na apropriação de um bem sem o consentimento do proprietário. No caso dos veículos, ocorre quando alguém recebe um automóvel de alguma forma lícita, e se apropria dele, deixando de devolvê-lo.

Situações que se configuram como apropriação indébita

Existem algumas situações que se configuram como apropriação indébita de veículo, por exemplo:

  • Falta de devolução do veículo alugado ao proprietário após o término do contrato de aluguel;
  • Falta de pagamento do financiamento associado com a ausência de devolução do veículo à instituição financeira;
  • Vender um veículo que não pertence ao agente;
  • Utilizar um veículo que pertence a terceiros para fins pessoais.

Como a apropriação indébita de veículo afeta as locadoras? 

O mercado de locação de veículos está em alta. Em 2023, quase 25% dos automóveis e comerciais leves vendidos entre janeiro e outubro foram comprados por locadoras, representando 436.579 veículos zero-quilômetro utilizados para locação. Contudo, os golpes, como a apropriação indébita, prejudicam as empresas.  De acordo com a Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis, a média de prejuízo para as locadoras chega em R$ 70 mil por veículo. 

Como ocorre esse golpe?

Para que essa fraude ocorra, existem diferentes recursos utilizados, por exemplo, o uso de informações falsas para fazer o aluguel, para que os dados obtidos pela locadora não sejam iguais aos de quem, de fato, locou. Além disso, após o período de devolução, a pessoa fica com o veículo para uso próprio ou, ainda, repassar para um terceiro, tudo ilegalmente.

Como evitar a apropriação indébita? 

Mesmo sendo um problema recorrente, as locadoras de veículos podem fazer algumas mudanças em seus processos para torná-lo mais seguro e conseguir, com antecedência, medir o risco de fraude. Para isso, é preciso:

  • Verificar os dados cadastrais e a documentação: É crucial, nesse momento, analisar de maneira minuciosa as informações fornecidas pelo seu cliente para saber se elas são verdadeiras e correspondem a ele. Hoje, tecnologias como o OCR, usado para identificar textos de imagem, ou seja, fazer a leitura de documentos de maneira automatizada, agilizam o procedimento, validando os documentos e garantindo mais segurança e precisão para identificar falsificações ou inconsistências.
  •  Autenticar o usuário: Através do uso da biometria facial, ou seja, o mapeamento das características físicas, é possível fazer a comparação com a foto enviada na documentação e validar o documento com a pessoa que esta efetuando a locação.
  • Analisar o perfil e comportamento do cliente: Para essa etapa é preciso fazer a coleta, monitoramento, verificação e validação dos dados e atividades do cliente. Assim, o perfil fraudador é identificado por meio do cruzamento das informações sobre as fraudes que já ocorreram.

Além disso, um dos desafios é conseguir localizar o veículo para tentar recuperá-lo após a apropriação indébita acontecer. É preciso, portanto, conhecer o histórico de movimentações feitas para identificar o UF, se houve clonagem do veículo, mudanças de características, entre outras informações que possam ajudar a localizar e saber se o bem não foi utilizado para outras fraudes.  A consulta de dados veiculares, portanto, torna-se essencial.

Como a Infocar pode auxiliar a sua locadora de veículos? 

A Infocar, empresa que está há mais de 20 anos no mercado veicular, reuniu ao longo dos anos uma quantidade significativa de ferramentas para identificar fraudes. Por isso está preparada para fazer análise de padrões a partir de um grande conjunto de dados históricos. E, também, produzir análises para reconhecer padrões incomuns.

Além disso, higienizar e enriquecer os dados para organizar e aprimorar a base da sua empresa. Assim, deixamos suas informações prontas para melhorar a análise e tomada de decisão, incluindo a identificação de fraudes. Utiliza-se ferramentas e tecnologias como machine learning e inteligência artificial para desenvolver soluções rápidas e precisas.

Há, também, solução para agilizar o processo de vistoria veicular antes e depois da locação. Com o Infovist, é possível vistoriar um automóvel em até 6 minutos. O processo é seguro e conta com reconhecimento facial e validação de documentos.

Conte com a Infocar para reduzir a apropriação indébita

Como visto, possuímos diversas soluções para auxiliar o seu negócio, contribuir para o combate à fraude e acelerar os processos. Entre em contato com os nossos especialistas para saber mais sobre como podemos contribuir.

Posts relacionados